Paper clay

Em determinadas porcentagens, a adição de celulose na argila aumenta a plasticidade, reduz o risco de trincas na secagem e possibilita junções em estágios diferentes de umidade, além do ganho de resistência da peça crua.  As peças depois de prontas ficam mais leves, pois as fibras de celulose que compõem a massa paperclay desaparecem depois de queimadas.
Pode-se usar diferentes massas cerâmicas e diferentes tipos de celulose. A proporção depende do projeto.
Eu normalmente exploro a pouca espessura que a massa paperclay me permite alcançar mas essa massa oferece vantagens tanto para peças muito delicadas quanto para esculturas e grandes formatos.. 

Receita para preparar a massa cerâmica de paper clay

       Material:

Papel picado (sulfite, filtro de café, papel higiênico, caixa de ovos)

Argila (Grés, terracota, porcelana)

Liquidificador

Bacias

Peneira

Placas de gesso para absorção da água da massa de argila e papel

 

        Porcentagem de papel:

A porcentagem varia de acordo com o papel utilizado e o tipo de projeto

Fibras longas como as do filtro de café podem ter uma porcentagem menor.

Para os projetos bem delicados, como a maioria das imagens sugere, podemos calcular de 3% a 5% de papel previamente umedecido, batido no liquidificador e espremido.

Isso quer dizer que para 500g de argila usamos no máximo 25g de papel.

       Preparo:

Colocar o papel já picado em um recipiente com água quente, deixando de molho por algumas horas.

Bater no liquidificador, despejar em uma peneira e espremer para tirar o excesso de água antes da pesagem.

Colocar água no liquidificador, e incorporar o papel e a argila nas devidas porcentagens, acrescentando água se precisar.

Despejar esta mistura que deve estar na consistência de mingau, na placa de gesso para secagem.  (Se você não tiver a placa de gesso use várias camadas de algum tecido de algodão para absorver a umidade)                                   

Retirar quando a massa de paperclay estiver ainda úmida mas soltando da placa e amassar normalmente antes de executar seu projeto.

        Queima:

Se seu projeto for delicado, aconselho queimas superiores a 1200 graus. O paperclay aguenta muito bem monoqueimas.  (As queimas aqui no atelier são feitas a 1280 graus em forno a gás.)

Faça testes! Utilize outros tipos de papeis, aumente e diminua a porcentagem, experimente outras argilas, ouse, crie, confie e descubra na cerâmica sua linguagem pessoal e única.
  • instagram_ico
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Blogger ícone social

Atelier Darly Pellegrini: Rua Ana Fratta de Paula, 715 Parque Irapuã - Sousas - Campinas/SP - Brasil

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now